sábado, 10 de novembro de 2012

Pense numa esposa plenamente realizada...


... e totalmente preenchida! Essa é a fantasia de dez entre dez mulheres. Se a tua disser pra você que nunca imaginou isso na vida, pode ter certeza que ela está mentindo!

4 comentários:

Ricardo Mauro disse...

>>> Adoro fazer DP em casadas ou namoradas.

>>> Eu sou de Brasília-DF sou comedor de esposinhas. Adoro comer as esposinhas de meus amigos na frente deles. Adoro gozar dentro das bocas das esposinhas dos meus amigos e adoro mandar os corno limparem tudinho. Tenho 34 anos, qualquer casal que curta entre em contato comigo. ricardaodf@hotmail.com ou (61) 9100-8848

Anônimo disse...

Verdade. Mas é preciso muita conversa até chegar à dupla penetração. Um amigo, casado há 26 anos com uma loba deliciosa, ele com 53 anos e ela com 47 anos, resolveram depois de muito papo achar um comedor para realizar o sonho deles.

http://centraldaputaria.com.br/wp-content/uploads/2013/07/coroa-rabuda-boa-demais-1.jpg?5025b6

No caso, ele queria que o comedor fosse um macho negro, se possível 'do povão', e, como ela estava acostumada e levar no rabo, um bem dotado tarado por bundas pois queria sentir, ele, o marido, um monstro roçando no pau dele enquanto estivesse na boceta da esposa. Um macho forte, grande empurrando com robustez a marreta no cú da linda esposa, um gaúcha loira toda linda. Tudo foi bem planejado e sempre havia a pergunta, se caso ela, principalmente, ou ele, não topassem seguir em frente.
Ele procurou nas cidades próximas ao Rio, onde residiam. A sorte que ele trabalhava numa cidade há 100 quilômetros do Rio. Era um gerentão de uma firma transportadora. Passou a procurar, pela pequena cidade, o tal homem. Chegava 1 hora mais cedo e ia para estação de trem fotografando, de longe, os homens. Saía mais tarde e ia a tal estação de trem esperar a chegada dos homens.

Anônimo disse...

Tanto que procurou que acabou achando o sujeito.

http://media.tumblr.com/b341869d058211ca43f2342ad460c306/tumblr_inline_mgrwguqVtd1qg1vd7.jpg


Cara de pouquíssimos amigos, vivia sério. Fez o seguinte, já que temia pelo cara ser algo bem pior: foi atrás dele, até onde morava o negão.Tinha alugado um carro, um uno e foi indo, de longe. Viu o cara entrar num onibus. Saltar 30 minutos depois, a baixada fluminense é enorme, e andar conversando com outros homens por mais 40 minutos.Em estrada de terra batida.
Era nos cafundós.

http://mw2.google.com/mw-panoramio/photos/medium/51001743.jpg

A taradice fez ele chegar ao cúmulo de passar a noite, madrugada adentro, vigiando o sujeito. Sexta para sábado. O lugar era pobre e bastante silencioso. Pensava encontrar traficantes, bocas de fumo( crack). Nada. População tranquila, pobre, gente honesta. Chegou mais perto da casa e nada viu. Era em cima de uma pequena colina cheia de árvores. Um terreno pequeno mas a casa, de bom tamanho.

http://imagens.zapcorp.com.br/imoveis/1928/scv-2044/ac912674-f945-4cef-be29-4c079f741e17_grande.jpg

Não é, como vocês viram, uma casa de pobre. Humilde mas muito bem tratada, por sinal. Lá pelas 2 da manhã, um carro se aproximou e subiu a pequena colina . O silêncio era tanto que ele ouviu o carro chegar. Foi a pé até lá em cima. Só viu duas mulheres do lado de fora da casa, na varanda.

http://www.novinhas.blog.br/wp-content/uploads/2013/10/1-5.jpg

Ótimas ! Ele saiu e mandou as duas entrarem e rodou a varanda toda co uma pistola na mão. No silêncio da noite, ouviu gemidos, gritos e tapas ! Depois sorrisos e até gargalhadas. O dia nascendo e as duas permaneceram dentro da casa enquanto ele saía para uma ronda. O gerentão ficou com medo mas uma das mulheres chamou o negão para dentro. Ele correu para o carro esperando o que viria depois. O carro das mulheres passou levando o negão no banco de trás até a estação de trem. Sábado. Muito cedo. As duas se despediram rindo e com beijos na boca dele, do macho. Comprou algo para comer pois estava com fome. Uma média e um pingado. Pensava quem seriam as duas mulheres. Eram lindas. Putas ou prostitutas ? Seria ele cafetão ? O marido foi atrás do que seria o comedor da esposa, realmente, algo estranho para todos nós. Ele era corno e caçador e o negão o futuro comedor e presa ! Mas o mundo é estranho mesmo. Uma gazela macho procurando um leão para comer sua gazela fêmea.... Entrou no trem e partiram em direção ao Rio.

Anônimo disse...

Pelo vestido que as duas usavam pareciam prostitutas de luxo dado se tratar de mulheres bem tratadas, boazudas mesmo. Mas poderiam ser mulheres casadas ou não, a fim de pura sacanagem. O que ocorrera naquela casa foi puro sexo ! E hoje, inocente o cara que acha que só os homens procuram por sexo casual. E elas ficaram felizes. Selvagem, putaria mesmo, e o cara deu conta das duas ! O sujeito ia calmo, sentado no vagão. Chegou a dormir. Na Central do Brasil, já acordado, saiu em disparada. Pegou o metro e andou pela ruas do centro. Foi até o aeroporto Santos Dumont e entrou num hangar. Ele, o gerentão projeto de corno não entendeu nada. Resolveu ir até a sacada do aeroporto e de lá tentar encontrar a sua'caça. Viu que o cara era um mecânico de aviões ! Ual ! Técnico gabaritado !De macacão, mexia no motor de um jatinho. Ficou lá, na sacada, lendo um jornal e morrendo de sono quando não conseguiu mas ver o 'homem'. Já estava de roupa novamente. Conversava com outro técnico e, ao invés de se dirigir para fora do hangar, foi na direção de um carro estacionado. Era um Colbalt preto. E o cara saiu acelerando com segurança. Ia para casa mas lembrou o uno deixado na estação. Foi buscá-lo. Umas 2 horas ou mais até lá na estação. Pensou que deveria ter pedido carona pro negão.