quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Dá peito pra ele, querida!



Já ouviu dizer que peito e copo d'água não se nega a ninguém? Pois é...

7 comentários:

Anonimo disse...

Concordo a 100%


Aproveito para divulgar o nosso blog

oqueachamdela.blogspot.pt

Visitem, Votem, Comentem e Escrevam

Obrigado

comedor de esposa 011 86769175-960399030 disse...

como esposa de corno

Anônimo disse...

Rapaz... A mulher de um amigo corno queria e vivia atazanando ele o camarada acabou cego pela ideia dela. A mulher manda de 'cara para trás' no sujeito. Doente apaixonado, não pensando mais em nada, já ficando até atrapalhado no trabalho por ter ficado tão obcecado com a ideia dela que é dar para um negro pirocudo ! A mulher dele é muito linda por sinal, um rabo de ouro ! 38 anos. Rabo malhado desde de garota nas academias de ginástica. Ele me chamou para achar o sujeito. Foi com um porteiro da Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro o enrolo, loira x negão. Foi com um mecânico de meu pai. Um cara forte, tipo armário. Grandão, barriga de jacaré. Fui encontrá-lo, uns 20 anos depois, num jogo do Vascão. Já de cabelos brancos, o Jota, com 55 anos, estava mais gordo mas continuava safado. É comedor de bundas ! Femininas! Grandes coisas, também sou. 'Mas comigo é espetáculo ! A mulherada e, as vezes, os cornos vendo, todos ficam loucos '!, fala, rindo ! Realmente, um cara grandão daquele, feio feito o diabo... A cara do Morgan Freeman e metendo num gata assanhada e safada ? Lembrei-me dele e fui procurá-lo. disse ser porteiro há 10 anos num prédio na rua Uruguai, próximo do morro, do maciço. procurei e achei-o. prédio velho, década de 1940. 'Pelo menos, moro no alto. Meu apê é no último andar '! Disse que tinha algo para ele e precisava conversar a sós. Fomos pro apê das alturas na hora da folga. Mostrei a foto da loira. '38 anos, casada, dois filhos garotos, marido corno participa. Quer dar para um negão',' Dá o rabo ? Um rabo desse, eu como babando. Mas se não dá, melhor nem vir... Deixo sempre a minha marca'. Disse para ele que ela dava o rabo sem saber esta informação.

http://cdn.milfbank.net/th/2010-09-09/148945_03.jpg

' Bira. Preciso mostrar a sua arma para eles, o casal, entende ?',' entendo, o corno vem ?',' Vem. e acha um lugar para mim, por favor!',' Deixácomigu ! Pode ser aqui mas tem que ser sábado que vem que é dia de folga do vigia e o faxineiro que mora no quartinho ao lado do meu apê rende o cara. É minha folga também mas aí eu prefiro comer uma loira rabuda...Tira a foto, vai ! Mole mesmo. Diz que é leiteiro e de leite forte e bom é primeiro ir ao rabo até prá não gerar filhotes... tenho 4 '.

http://www.blackcocksxl.com/wp-content/uploads/2014/11/blackcock.jpg

Anônimo disse...

Voltei e mostrei a foto pro meu amigo e passei por celular dele para que mostrasse a mulher.' Rapaz, o Bira adora um rabo e ficou louco com a bunda da Ana. Eu disse que ela dá o rabo. Dá ?',' Não. Nunca deu. Disse que não dá prá mim porque não sou o homem que irá comer o rabo dela. Botou isso na cabeça e só um determinado e iluminado homem comerá o cú dela, desvirginará, tirará o cabaço do cú dela. Ela será puta deste homem mas que não me abandonará. Continuará minha esposa e me amará sempre. Será puta deste homem, seu pimp ! Se não conseguir tal homem, morro velhinha sem ter sentido um pau no meu rabo',' Manuel, por favor, geralmente, as putas amam os pimps... Ela morará com você e terá uma vida para a sociedade, correta, mas amará o cafetão e dará dinheiro para ele ! Acorda !','Tudo bem... amo ela de paixão. E ela não encontrará tal homem',' Posso dizer a Jota que ela tem o cú virgem e esta história toda que tu me contou ?',' Pode... Ele não será o primeiro a trepar com ela, Hermes. Será o primeiro negro ! Diz isso só para me deixar nervoso, tenso, sempre. E eu gosto'.
Falei com o Jota e, pelo contrário, ele topou ! 'É puta, Hermes. Puta tem de ser tratada como puta. E vai me dar dinheiro... Nunca fui cafetão. Com 55 anos, uma renda extra cairia bem. Ela tem amigas, Hermes, tu entra no negócio. Quer ser meu sócio ? Dos meus 50%, 10% são seus. Caso a coisa cresça, 20 %. kkkkkkkk ' ! Jota falou de brincadeira mas vi alguma seriedade nas palavras dele.' Ah, você ficará quietinho neste armário com este respiradouro velho. Dá para ver tudo de dentro dele ! Divirta-se no sábado ! vou aprontar para cima dele. Qual é o time da figura ?',' Flamenguista. Aliás, flamenguistas... Ela é torcedora doente do Flamengo','Manda vir com a camisa. Pelo menos um deles...'.

Anônimo disse...

Sábado chegou. Dei o endereço e eles chegariam às 22 horas. Cheguei meia hora antes. Foi bom porque o faxineiro precisaria ser enrolado e o Jota pediu que fosse até as bombas d'água para ver se estava tudo correto. Tudo cronometrado graças aos celulares e a pontualidade de Manuel. ( peço aqui desculpas porque o Jota é o Bira. Jota de João e Bira de Ubirajara. Era chamado pelos dois apelidos na mecânica. Também, vivia na malandragem. Isso confunde os malandros otários. A idade faz com que eu, de alguma forma, acabemos confundindo o leitor que chegue até estas linhas). Quando o táxi estava chegando, aviso de Manuel, disse ao Bira que, rapidamente, mandou o faxineiro ver as bombas d'água. Eu, já próximo da portaria, descendo pelo elevador de serviço, quando os dois saindo do táxi. Com um casaco do Bira, enorme e boné, acionei o portão elétrico e subi rapidamente pelo elevador de serviço novamente,que estava preso, de passagem, chamando o elevador social que estava preso por Bira, no último andar. Sorte das sortes, nenhum morador pediu ambos elevadores naqueles minutos. Antes, para me certificar de tudo correndo corretamente, vi os dois entrando. Nem me viram. Entrei pelo apartamento, no 'meu' armário e me escondi. Bira estava de bermudão e camisa do Vasco. A esposa de Manoel estava de vermelho e preto
https://lh3.googleusercontent.com/-1zGwb4dUtsA/AAAAAAAAAAI/AAAAAAAAAAA/5kRNcTSuNfw/photo.jpg
e ele, Manuel, de calça jeans e camisa azul quando chegaram mas entrou na sala do 'apertamento' do Bira com a camisa do Flamengo. Trocou no elevador. Não tinha notado na sacola na mão dele. O apertamento era um retângulo com a sala e separada do quarto por uma cortina enorme que estava aberta. Uma porta para a cozinha e outra para um banheiro. Foi um choque. O negão enorme tripé com a camisa do Vasco e o Manuel, de Flamengo. Um olhou pro outro e quem começou a partida foi o Bira. 'Ae, rapaz. Senta aí e você, minha gostosa, sente no meu colo para sentir o volume... Que bunda !' e foi se sentando na outra cadeira disponível. Ana foi e ainda fez pose ao sentar no colo do negão. O Manoel ficou incomodado. 'Rebola enquanto eu te seguro pela cintura... Bunda grande merece pau grande, sabia ?',' Nossa! Que cobra é essa aí, cruzes!',' Não, não se levanta, sente... Mané, serve uma pinga para nós. Tá na geladeira, pega 3 copos !',' Não sou Mané, sou Manuel',' Ah, é ? Vai pegar ou não vai ?',' Não !',' Então, minha sente-se na cama...'. E partiu para cima do pobre do Manuel. Uma chave de braço e uma gravata. 'Vai ficar de pé aqui e vou te amarrar, flamenguista. Puta, fique quietinha aí, nenhum pio ou o Mané vai morrer' ! Até eu fiquei assustado ! O Bira pegou duas cordas que estavam posicionadas próximo a este cano que ficava bem no centro do retângulo e sumia pelo teto e descia pelo chão. Um pouco afastado da parede, deu para prender as mãos e os pés do Manuel ! ' Piranha, vai lá e tira o pinto do seu chifrudo para fora... Que piada ! pequenininho ! Gravetinho ! Taquinho ! Pintinho !',' Seu negro filho da puta !',' Língua suja ! Me dá este pano aqui....'. Bira tampou a boca do manuel. Ficou clara a ação do Bira. Ana estava nervosa mas excitada ! Os bicos do seios durinhos, durinhos !

Anônimo disse...

'Fica quieto aí corno ! Qual a música que você, gosta, minha gostosa ?',' Wando...','... ôpa ! Tenho cd dele aqui. Vou colocar...'. Wando cantando na caixa de som, Manuel preso com o pinto para fora ainda molinho e Ana, a loiraça rabuda de 38 anos, dançando com o Bira que resolveu por o pau dele para fora ! ' Moça, 26 cms à sua disposição. Acha que eu estou mentindo ? Olha, pega a fita métrica ali e pode medir. Ajoelha e mede pro corno ver o que você terá dentro. E é leiteiro ! Quente e cheio de porra ! Não gozo há duas semanas e, desde que vi esta bunda grande deliciosa, não duro direito há uma semana !',' Nossa, 26 centímetros e alguns milímetros ! deixa eu ver a grossura... 14 centímetros de circunferência ! Mais a cabeçorra !',' Imagina dentro deste rabo maravilhoso, hein ?',' Nunca ! Nunquinha !',' Tira a roupa, deusa, que eu vou te mostrar algo...' Ana assustada, tirou a roupa só ficando de salto alto. 'Fica de quatro, no chão, de costas pro seu corninho. Isso. rebola... Isso, Ana, isso'! Eu estava dentro do armário, do outro lado da sala e de frente para a cena com a cama a minha frente pela a abertura de respiradouro, grande demais, dava para ver o que se passava. Via o rosto e, logo atrás, o rabão da Ana. Ela sorria e apertava os lábios de tesão e virava sorrindo para o manuel que começava a ter uma ereção !' Corno amigo. Tenho aqui, xilocaína, KY, vaselina e azeite Galo para foder este belo rabo de sua esposa. Diga, atrás do seu palito, se você gostaria de vê-la tomando na bunda este belo cajado preto, com uma pequena maçã na ponta, de frente para você... podendo eu movimentá-la conforme a situação da curra. Mas, no início, de frente pro chifrudinho da gostosa aqui...', após Bira dizer isso, o pinto do Manuel cresceu ! Ficou duraço com ele chorando ! Bira mostrou à Ana e completou:' ele quer ! Viu ? seu maridão quer !',' Mas eu não quero !',' Olha, Nenhuma mulher deixou de dar o rabo para mim.Muitas se apaixonaram e eu tive até que sumir por uns tempos ! Fica aí de quatro que vou começar o processo de enrabação...',' ... quê ? Nem pensar '! E a Ana se levantou. O Bira pegou e jogou-a na cama, virou-ade bruços e deu 5 tapas fortes no rabo dela ! ' Não grita ! Volta lá para a posição, agora, de frente pro teu marido ' !

Anônimo disse...

Ana fez que não iria, tomou um tapa, mais leve, na cara ! Começou a chorar mais foi.Ficou de quatro novamente, agora, de frente pro marido 'Isso... agora vou pegar a xilocaína', disse o Bira. Pegou a bisnaga e passou o produto amarelo no dedo indicador e dirigiu-o pro cú da Ana. A bunda dela estava vermelha dos tapas que levou. Ele passou com delicadeza e foi enfiando o dedo devagar. ' Pára, por favor...', dizia a Ana. Ela olhava para ele, Bira, virando o rosto mas o olhar mais parecia de uma menininha dizendo sim... deu para notar que estava começando agostar da massagem anal imposta pelo negão.Ele colocou Dava para ver um pouco do dedo dele entrando e saindo. Botou mais xilocaína e enfiou o dedo no cú da Ana. 'Pronto. Agora espere um dez minutos. Se quiser, pode deitar na cama, minha princesa...', disse e ela, foi se deitar de bruços. ' Senhor chifrudo. Um 'hum !' será como se o senhor quer ver sua esposa levar na bunda com KY. Dois 'Hum!, Hum!' será como se ela deverá ser enrabada com azeite. Três 'Hum! Hum! Hum !', vaselina ! À moda antiga, hein ? Sua mãe deu a bunda pro padeiro com vaselina ! Se ficar calado entenderei que quer que ela seja sodomizada por cuspe ! Aí você é um sadomasoquista escroto ! Então, escolha '! Manoel chorava muito. Sabia do que se tratava e foi um erro te contado para mim e, pior, deixado que eu contasse pro Bira aquilo que a mulher desejava. O macho enrabador que ela se apaixonaria tirando, enfim, o cabaço anal ! Mas não tinha escolha. E, Ana, parecia tranquila ! Passava o dedo no cuzinho como se preparando para a geba negra ! Enquanto isso, o Bira pegava um espelho móvel e colocava numa posição que ele e Ana pudessem se ver. Mandou ela ficar de quatro mas antes pegou dois colchonetes finos e colocou-os no chão. Andava de u lado para o outro com o pau duro ! Pulsando. 'Então, corno ?',' Hum, Hum..., Hum !',' Isso ! Azeite Galo ! Boa escolha !', disse. Ana, já de quatro, esperava a piroca gigante. Bira se ajoelhou atrás, segurou-a pela cintura e encostou o monstro no cú dela. Foi penetrando e nada dela gritar. Estava anestesiada mas, mesmo assim, Ana começou a se incomodar. Ele domou a loira com égua selvagem. Foi paciente. Metade do tronco já tinha ido para dentro e ela chorava mas não desistia.' Quer que eu tire, minha puta, diz ? quer que eu tire '? Nada da Ana responder. 10 minutos depois, já estava levando estocadas poderosas do negão ! Gemia e pedia mais. Ele virou-a um pouco e teve um instante que sorriu para mim sem Ana e Manoel perceberem. virou-a de frente pro espelho, quase pro Manuel, e disse: 'Tá no papo, é minha '! Gozou forte dentro do rabo da Ana que após receber o líquido quente no cú, saiu meio sem graça. O Manuel ainda fez um pequeno vexame. Preso, sem poder bater uma punheta, mesmo assim gozou ! Meia hora depois, voltaram a trepar na cama, num tradicional papai - mamãe com beijo de língua ! Ela gozou várias vezes. Mais uma, de quatro, na boceta e, às 2 da manhã, tudo terminado. Solto, Manuel agradeceu. Foram embora. Passados uns dias, sobe que Ana sumia as tardes. Manuel andava esquisito. Eu fui procurado por Ana. Joana e Clarisse, duas amigas dela, morenas de 37 e 40 anos, queriam conversar com Bira.